POW Festival encerra sua primeira edição trazendo conteúdo e experiências dos grandes festivais de criatividade do Brasil para Ribeirão Preto

POW Festival encerra sua primeira edição trazendo conteúdo e experiências dos grandes festivais de criatividade do Brasil para Ribeirão Preto

Evento aconteceu neste final de semana com 50 atividades imersivas gratuitas e 19 palestras nacionais e internacionais, reunindo um público rotativo com cerca de 6 mil visitantes nos dois dias

A palavra de ordem no POW Festival foi criatividade. Seja nas palestras que trouxeram temas mundiais com o que há de mais atual, focando em inovação, tecnologia, brand, inteligência artificial e sustentabilidade, ou no público, que compareceu animado, trazendo amigos e familiares para viver as experiências imersivas propostas pelo festival. Um show à parte, protagonizado por vários visitantes, foram os “cosplayers”, que aproveitaram a oportunidade para difundir sua cultura e se divertir posando para fotos.

“O POW Festival chegou em Ribeirão para ficar, trazendo um estilo de evento que só acontecia nas grandes capitais. A programação foi pensada para todos os públicos e, por isso, tanto as crianças como os adultos puderam se divertir enquanto vivenciavam a experiência de um final de semana criativo”, declarou Rodrigo Carlomagno, Head dos Projetos Institucionais do Instituto SEB, promotor do evento.

A programação também foi composta por apresentações musicais, “live arts”, oficinas, workshops, feira autoral e gastronomia, além de simuladores e games.

No sábado, dia 9, passaram pelo palco do POW Festival as bandas O Jazz Não Morde e Azymuth. Já no domingo, dia 10, a programação seguiu com o quarteto de choro e samba raiz Canto Pra Ceci, além das cantoras Julia Pagano e Vanessa Moreno (indicada ao Grammy Latino 2023), responsável pelo encerramento do evento com suas canções modernas e cheias de singularidade.

Já nas palestras, no domingo foi a vez dos grandes nomes nacionais e internacionais falarem sobre suas experiências disruptivas e inspiradoras. Começando com Paulo Aguiar (Metaverse Scope), Alan Berry Rhys (arte visual), Jônatas Mesquita (Nuture), Camila Machado (AlmaZônia), Nelson Porto (inteligência artificial), Vinicius Domingues (inovações na aviação), a ribeirão-pretana Rafaella Tuma (animação de vídeos), Victoria Gaibar (redes sociais) e terminando com Crystian Montandon (Ifood).

O POW Festival aconteceu neste fim de semana, em uma realização do Instituto SEB, com a curadoria da Zupi.Live, no Espaço A Fábrica, em Ribeirão Preto/SP, colocando a cidade na rota dos grandes festivais nacionais de criatividade.

Conheça nossos Parceiros

Mais Notícias
Montôt lança estúdio conceito de arquitetura corporativa em Ribeirão Preto

Novo espaço inaugurado no Alto da Boa Vista oferece uma abordagem inovadora, transformando o showroom em um ambiente de trabalho e experimentação que integra experiência e funcionalidade. Com soluções utilitárias e parcerias estratégicas com marcas brasileiras como a Legg (mobiliários) e a Everlight (iluminação), estúdio revoluciona o conceito de design de interiores e arquitetura corporativa na cidade.

Pular para o conteúdo