Vacina da dengue: Ministério da Saúde enviará doses para Cravinhos/SP

Vacina da dengue: Ministério da Saúde enviará doses para Cravinhos/SP

Campanha, que começou em fevereiro, visa proteger crianças e adolescentes de 10 a 14 anos. Imunizantes com datas próximas de vencimento serão redistribuídos

O Ministério da Saúde divulgou na quinta-feira (28/03) nove cidades da região de Ribeirão Preto (SP) que receberão doses da vacina contra a dengue. A campanha, que visa proteger crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, começou em fevereiro, mas apenas agora municípios da região foram contemplados.

As cidades são: Ribeirão Preto, Cravinhos, Jardinópolis, São Simão, Serrana, Luís Antônio, Guatapará, Santa Rosa de Viterbo, Serra Azul.

O número de doses por local e a data em que elas chegarão não haviam sido divulgados até a publicação desta reportagem.

Campanha vacinação contra a dengue. (Divulgação)

O critério utilizado pelo Ministério da Saúde foi selecionar municípios fronteiriços que compartilham redes de comunicação e infraestrutura de transportes. A finalidade dessas regiões é integrar a organização, o planejamento e a execução de ações e serviços de saúde.

REDISTRIBUIÇÃO DE DOSES

Segundo o ministério, há 668 mil doses que vencerão em 30 de abril, 523 mil em junho e 84 mil em julho. Para evitar que essas doses sejam inutilizadas, a pasta determinou a redistribuição dos imunizantes a mais 154 cidades do país.

“Não podemos deixar essas doses vencerem. Diante disso, o Ministério trouxe uma solução: redistribuir, dentro das unidades federadas, ou seja, dentro dos estados, para municípios que ainda não foram contemplados”, disse Éder Gatti, diretor do Departamento do Programa Nacional de Imunização (DPNI).

O remanejamento das doses próximas do vencimento para municípios dentro dos próprios estados foi detalhado em uma nota técnica do ministério.

VACINAS APLICADAS

Segundo o Ministério da Saúde, 1.235.119 doses já foram distribuídas aos estados e DF desde o início da vacinação. Deste quantitativo, 534.631 foram aplicadas e 700.488 não foram registradas (ou seja, podem não ter sido aplicadas ainda ou, por lentidão do município, não ter entrado no sistema).

MAIS DE 2 MILHÕES DE CASOS

O país já registrou mais de 2 milhões de casos de dengue em 2024, o maior número registrado em toda a série histórica, que é feita desde 2000. O recorde anterior da doença havia sido batido em 2015, quando foram contabilizados 1.688.688 casos.

Fonte: G1 Ribeirão Preto

Conheça nossos Parceiros

Mais Notícias
Pular para o conteúdo