TRABALHADOR MORRE APÓS MOTORISTA FURAR BLOQUEIO E ARRASTAR CABEAMENTO

TRABALHADOR MORRE APÓS MOTORISTA FURAR BLOQUEIO E ARRASTAR CABEAMENTO

VÍTIMA DE 34 ANOS, QUE SEGURAVA FIOS, CAIU EM UM BURACO APÓS CONDUTOR DESOBEDECER PEDIDO DE PARADA. SUSPEITO DEIXOU LOCAL ANTES DA CHEGADA DA POLÍCIA.
Trabalhador morreu após motorista furar bloqueio e arrastar cabeamento que era instalado em Cravinhos/SP

Um homem de 34 anos morreu na tarde de sexta-feira (1º) enquanto fazia o cabeamento de fibra ótica em Cravinhos. Segundo a Polícia Militar, ele caiu em um buraco depois que o motorista de um carro furou uma parada e o veículo arrastou os cabos que a vítima segurava.

O acidente aconteceu na Rua Manoel Gomes dos Santos, ao lado da Rodovia Anhanguera (SP-330). A vítima e outros colegas instalavam os cabos entre postes, sendo que um deles estava sinalizando a rua para reduzir a velocidade dos veículos.

De acordo com a polícia, caminhões pararam à direita na rua, mas o motorista de um carro ultrapassou pela esquerda e acabou arrastando o cabeamento. A vítima que segurava os cabos acabou sendo puxada e caiu em uma valeta. Apesar de estar usando equipamento de proteção individual, o homem teve um ferimento grave na cabeça.

Luiz Roberto Lopes de Oliveira chegou a ser levado pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) à Santa Casa de Cravinhos, mas não resistiu.

A polícia informou que o motorista do carro deixou o local antes da chegada das autoridades.

A perícia esteve no local, e um boletim de ocorrência será registrado na Polícia Civil por homicídio culposo, quando não há intenção.

O corpo de Luiz Roberto foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ribeirão Preto (SP).

Texto e Fotos: Ana Laura Siqueira, EPTV

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do nosso website. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ajude-nos a melhorar nosso website

Nos informe sobre erros de digitação, informações ou problemas técnicos.