Saúde mental é tema do 5º Fórum ESG do Dabi Business Park

Saúde mental é tema do 5º Fórum ESG do Dabi Business Park

Evento discute mensalmente soluções que atendam a Agenda 2030 da ONU

O Dabi Business Park recebe a última edição de 2023 do Fórum Regional ESG na próxima quinta-feira (14/12), a partir das 8h30. O evento mensal tem como missão discutir os Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU e refletir sobre a construção de práticas de gestão mais responsáveis e sustentáveis.

Nesta quinta edição, o Fórum ESG vai se concentrar no ODS número 03, que trata de Saúde e Bem-Estar e vai abordar a saúde mental dentro das organizações, com participação do Instituto Olhar, Attenciosa.mente e Lugar de Escuta, que vão apresentar seus trabalhos e ideias.

O intuito das discussões é buscar estratégias que impulsionem programas de desenvolvimento socioemocional e promovam a melhoria dos índices de saúde mental e bem-estar nas empresas, escolas e sociedade.

Recentemente, o Ministério da Saúde atualizou a lista de doenças relacionadas ao trabalho e incluiu transtornos mentais como burnout, ansiedade e depressão. As alterações refletem problemáticas do mundo corporativo contemporâneo e foram aceitas pelos ministérios do Trabalho e Emprego e da Previdência Social, passando a ter validade 30 dias após a publicação da Portaria MS/GM nº 1.999 em 29/11/2023.

O Instituto Olhar, iniciativa de natureza socioeducativa destinada a homens que se encontram sob a jurisdição da Lei Maria da Penha por delitos de menor gravidade, abre o evento. Utilizando  práticas como yoga, meditação, educação em valores humanos e comunicação não violenta, a equipe trabalha com o objetivo de possibilitar o desenvolvimento social e emocional dos participantes.

“O Projeto Olhar opera nas raízes da violência, desafiando o machismo, os desequilíbrios de poder, a imposição, os padrões de comportamento tóxicos e a desigualdade de gênero. Queremos conscientizar e reeducar, visando a prevenção e a redução da reincidência da violência doméstica”, destaca Paola Miorim, empreendedora social, facilitadora de mindfulness e co-fundadora e CEO do Instituto Olhar. O Olhar é parceiro da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Ribeirão Preto (SP) e tem como foco, de acordo com Miroim, é a busca por um mundo no qual o respeito, a igualdade e a empatia prevaleçam.

            A segunda instituição convidada para expor é Lugar de Escuta, que se dedica a estimular homens no cultivo da masculinidade saudável através da escuta, do diálogo, da autorreflexão e da valorização da diversidade.

            “Somos um movimento que capacita os homens a quebrar barreiras e limitações, e a reescrever suas jornadas para melhor, também no sentido de mitigar o sofrimento psíquico destas pessoas e lutar pela diminuição da violência de gênero. Acredito que cada homem tem uma história única para contar e experiências valiosas para compartilhar. Então nosso objetivo é fornecer um espaço seguro, de apoio e estímulo, onde eles possam se reunir, aprender uns com os outros e embarcar em uma jornada transformadora rumo ao sucesso”, conta Fausto Neto, enfermeiro, mestre em Saúde Coletiva, idealizador e facilitador da iniciativa.

            Com atuação voltada a propor alternativas para que organizações cuidem da saúde mental de seus colaboradores, a Attenciosa.mente é a terceira convidada desta edição do Fórum. “Estamos vivendo uma crise mundial de saúde mental corporativa, que foi agravada pelo período de pandemia e gerou imensos impactos comportamentais na relação colaborador-empresa. Desenvolver uma cultura organizacional positiva e que valoriza o bem-estar dos funcionários possibilita a prevenção e resolução colaborativa de problemas. Essa postura está fortemente ligada às práticas de ESG e coloca a promoção de saúde no foco no processo de governança e não a gestão de doenças”, explica Ana Laura Marques Tourinho, psicóloga corporativa, especialista em saúde mental no contexto de trabalho e co-founder da Attenciosa.mente.

            O networking é um dos pilares centrais do evento. Após a exposição dos cases, o público é convidado a discutir e trocar experiências sobre o tema abordado. Por ser a última edição de 2023, haverá também um momento dedicado a discutir os próximos passos do Fórum e as perspectivas para 2024.

            “Chegamos à última edição do Fórum Regional ESG em 2023 com a sensação de dever cumprido e, mais do que isso, certos do impacto positivo de que as discussões trazidas aqui fomentaram, pois seguem produzindo alternativas e soluções. Nossa proposta ao estabelecer estas conexões é gerar muitos bons insights e sustentar a convicção de que ainda podemos fazer muito pela nossa sociedade e pelo nosso planeta”, finaliza Eduardo Brondi, gestor do Dabi Business Park.

O Fórum Regional ESG é uma realização do Instituto Terroá, da Propago e do Instituto Olhar, com apoio do Dabi Business Park, Conexão Social Dabi e Cajueiro Criativo. O evento é aberto ao público, as inscrições são gratuitas, limitadas e devem ser feitas pelo link.

Dabi Business Park

            O Dabi Business Park é um centro empresarial desenvolvido para conectar pessoas, ideias e empresas, promovendo inovação e gerando novos negócios. Instalado em uma área com mais de 100 mil m², às margens da Rodovia Anhanguera, em Ribeirão Preto (SP), abriga de grandes empresas à startups. O espaço conta com áreas a partir de 60 m² até lajes de 5 mil m². Uma de suas âncoras é a Área 51, um hub de inovação que atende empresas residentes e externas.

Serviço

Fórum Regional ESG: 5ª Edição

Data: 14/12/2023 (quinta-feira)

Horário: 08h30

Local: Dabi Business Park (Rua General Augusto Soares dos Santos, nº 100) | Área Voepass (Arquibancada / Bloco A)

Inscrições: gratuitas e limitadas pelo link: https://www.sympla.com.br/evento/forum-regional-esg-edicao-dezembro/2269009

Conheça nossos Parceiros

Mais Notícias
Em busca do sono perdido

Mais de onze milhões de brasileiros recorrem a medicamentos para dormir; uso prolongado pode trazer mais riscos que benefícios

Pular para o conteúdo