ESPETÁCULO “A NÁUSEA” PARTICIPA DE FESTIVAL EM MINAS GERAIS

ALÉM DE APRESENTAR NO FESTIVAL, O ELENCO PARTICIPOU TAMBÉM DA OFICINA “OUTROS MODOS DE SE CRIAR FIGURINO” MINISTRADA NO FESTIVAL PELO DIRETOR GABRIEL VILELA.

Reportagem

Fotografia

Divulgação

Serviços

Telefone

Whatsapp

Redes Sociais

Galeria de Fotos

Publicidade

O Grupo Fócu de Teatro, um dos núcleos da Cia Representando a Arte, participou do 6º Festival de Teatro de Passos e Região. Com apresentação realizada no Teatro Rotary o espetáculo “A Náusea” foi assistido por aproximadamente 300 pessoas em sessão única na cidade mineira, dia 21 de julho.

A peça, composta atualmente por Marcos Poellnitz, Bruna Almeida, Claudia Benedetti, Suhelem Tica, Juliana Marques, Jonas Zac e Jeferson Sinas, foi montada pela primeira vez em 2015 pelo diretor Richard Barros de Oliveira. Visando amadurecer sua pesquisa sobre a obra, no ano de 2019 ele fez a segunda montagem do texto. Neste ano, o espetáculo passou por festivais competitivos de teatro do estado de São Paulo e recebeu 8 premiações, incluindo o prêmio de Melhor Direção, Melhor Composição Cênica, Melhor Adaptação Dramatúrgica entre outros. Em 2020 o Grupo Fócu de Teatro é criado como um dos núcleos da própria Cia Representando a Arte e o espetáculo, passando por um processo de remontagem, é levado para o repertório do grupo que passa a assumir sua realização.

Na peça, viúvas beatas – como as três Parcas da mitologia grega – e uma prostituta arrependida (Doroteia – a heroína ou anti-heroína da peça) tecem, como as fiandeiras, uma trama que torna evidente a relação entre prazer, vida, culpa e morte.  Regrada de dramaticidade e com uma pitada de humor, “A Náusea” discute assuntos palatáveis e verossímeis que se estendem ao longo dos tempos.

Além de apresentar na mostra principal do festival, o grupo participou também de uma oficina de figurinos realizada pelo premiado diretor Gabriel Vilela. Intitulada de “Outros modos de se criar figurinos” a oficina, realizada no dia 18 e 19 de julho, contou com a participação de dois integrantes do grupo, os atores Jonas Zac e Marcos Poellnitz. Na oficina, além de conhecerem de perto técnicas do famoso encenador, os artistas puderam aplicar as lições aprendidas na criação de figurinos em miniatura para o espetáculo “Sonho de uma noite de verão”, de Willian Shakespeare.

Richard Oliveira, diretor do espetáculo, se mostrou muito feliz com a participação do grupo na mostra. Finalizou agradecendo a toda organização do Festival, ao elenco pela dedicação, a preparadora corporal do grupo Gracyela Gitirana, a Cia Representando a Arte pela confiança no trabalho e a Prefeitura Municipal de Serra Azul pelo apoio.

Pular para o conteúdo