Psicologia na APAE: promovendo autonomia e qualidade de vida para crianças e adolescentes

Psicologia na APAE: promovendo autonomia e qualidade de vida para crianças e adolescentes

Conheça os trabalhos e histórias dA APAE de Cravinhos pelos profissionais.

Na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), a Psicologia trabalha com uma equipe multiprofissional, valorizando a capacidade e a necessidade de cada paciente, intervindo nas suas necessidades e limitações. Atua na área cognitiva que diz respeito à dificuldade de aprendizagem de conceitos abstratos, focalização de atenção, capacidade de memorização, resolução de problemas e generalização; na área de comunicação, que causa dificuldades sociais, e na área motora do indivíduo. 

Além disso, o psicólogo da APAE utiliza recursos lúdicos terapêuticos dentro da abordagem da terapia cognitivo comportamental (TCC) e ABA, com crianças e adolescentes atípicos, promovendo o autoconhecimento, a autoestima, a psicoeducação das emoções, onde o paciente aprende a lidar com as suas próprias emoções, auxiliando no desenvolvimento do enfrentamento de cada uma delas, e autonomia, conduzindo a criança e adolescente à compreensão do contexto social e das crenças sobre si, bem como das suas capacidades e limitações. Sempre mantendo uma escuta acolhedora às suas queixas e demandas, buscando, juntos, estratégias que ajudem a aliviar o seu sofrimento mental.  

A prática psicológica deve estar alinhada com a afirmação das pessoas com deficiência como sujeito de direitos, protagonistas de suas escolhas de vida, promovendo a autonomia e qualidade de vida e saúde, ainda que estejam inseridos em relações de dependência e cuidados. (CRP-PR,2018).

“Nós não devemos deixar que as incapacidades das pessoas nos impossibilitam de reconhecer as suas habilidades” (HALLAHAN E KAUFFMAN,1994 aud FCB CONSULTORIA,2002).

Grazielli de Sá Bionês, CRP: 06/172672

Conheça nossos Parceiros

Mais Notícias
Pular para o conteúdo