Projeto da ONG Vitória Régia que capacita professores, pais e alunos, busca apoio para continuar o combate ao abuso sexual

Projeto da ONG Vitória Régia que capacita professores, pais e alunos, busca apoio para continuar o combate ao abuso sexual

Após fim de contrato de parceria, iniciativa produzida pela ONG Vitória Régia faz campanha para manter essa ação educativa voltada para professores, alunos do ensino fundamental e pais, no combate, especialmente, ao abuso sexual

A educação como veículo transformador e propagação de direitos. Esse é objetivo do projeto Educação, Diversidade e Saúde da ONG Vitória Régia de Ribeirão Preto, um programa voltado para crianças e adolescentes, que oferece, com equipe multiprofissional, capacitação a professores, pais e alunos do ensino fundamental visando, especialmente, o combate do abuso sexual. A iniciativa completou um ano de implantação deste trabalho em duas escolas (uma estadual e outra municipal) e também na OCA-Organização Cidadania Ativa, instaladas na região oeste da cidade.

Entretanto, apesar do ótimo aproveitamento desta ação nestas instituições, a iniciativa corre o risco de não acontecer em 2024, pois precisará de recursos financeiros para dar sequência ao projeto, que este ano foi financiado pelo Grupo Rodonaves, por meio do Frete Solidário. “Essa primeira edição foi muito importante. Nos trouxe resultados importantes, pois nossa equipe de profissionais conseguiu levar informações preciosas aos professores, pais e alunos, por meio de palestras, oficinas e exibição de filmes educativos abordando uma série de questões, como preconceito, gênero, direitos da criança e do adolescente, por exemplo. Essa é uma ação educacional que não pode parar”, alerta a advogada, Larissa Brito, presidente da ONG Vitória Régia.                                                   “Esse apoio, em recursos financeiros do Grupo Rodonaves foi vital para a execução do nosso projeto, o que nos permitiu estarmos em três locais, levando profissionais especializados e muita informação de como proceder ao suspeitar de situações de abuso”, completou Brito. “Achei o projeto muito importante, no sentido de contribuir com o empoderamento das crianças, no tocante ao cuidar, se conhecer e respeitar a si próprio e ao outro. O conhecimento e o autocuidado são fundamentais na garantia de direitos. O projeto contribuiu muito com o Plano Pedagógico da escola e fortalecimento das crianças”, assinala Silvia Helena Seixas, coordenadora da Escola Municipal Professor Faustino Jarruche, no Jardim Marchesi, que recebeu o projeto.

Já Alexssandro César Ignácio Pereira, professor na escola José Veloni, do bairro Monte Carlo, diz: “O projeto se faz extremamente importante para as crianças e adolescentes. É um trabalho de prevenção e conscientização sobre o abuso sexual e outros tipos de violências. O projeto Educação, Diversidade e Saúde é o caminho para dialogarmos com os pais, crianças e adolescentes, acolher e encaminhar os casos de vulnerabilidade, caso identificados, para podermos trabalhar na efetivação das políticas públicas/sociais e garantir a proteção às crianças e adolescentes”.                                                                                                                                “Foi um enorme privilégio receber a ONG Vitória Régia aqui na nossa instituição com uma proposta tão incrível como a do projeto “Educação, Diversidade e Saúde. Esses encontros trouxeram para nossa equipe, mais conhecimento profissional e para os adolescentes atendidos pela OSC, a conscientização sobre temas de extrema importância para seu desenvolvimento pessoal e social. Foi uma grande oportunidade”, afirmou Marcela Moraes, assistente social da OCA.

A ONG Vitória Régia por de acessada pelos contatos: instagram.com/ongvitoriaregia

https://www.facebook.com/oscvitoriaregia

Conheça nossos Parceiros

Mais Notícias
Pular para o conteúdo