POESIA ACRÓSTICO

POESIA ACRÓSTICO

A SEMENTE DA FELICIDADE

A estrada curta ou comprida

Sempre se chega ao fim

Em todo tempo da vida

Mostra-nos o bom e o ruim.

É apto bem merecido

Nos procedimentos lega

Também pode ser contido

Em consequência do mal.

Do mundo nada se leva

A luz do sol luminoso

Fazer brilho sofre as trevas

Este é bem do poderoso.

Lembrar que a boa semente

Integra a natureza

Com a raiz no sol quente

Imagine que tristeza.

Deus nos mostra-se pelo fruto

A semente foi perfeita

Do bom solo o produto

Encerra na boa colheita.

Waldemar Medeiros
Pular para o conteúdo