POESIA ACRÓSTICO

POESIA ACRÓSTICO

MINI MALVADEZA

É incrível pensar nisso

Um pensamento mesquinho

Merecia ter um sumiço

A praga dos mosquitinhos.

Do mato se refugiam

Vem atacar nossos lares

Em bandos se reuniam

Rodeando os familiares.

Se espalha às vezes também

Às vezes até no cemitério

Reparando de onde vem

Isto parece mistério.

O seu habitat nocivo.

Muito fácil ataca o cliente

Apesar de seres vivos

Lembra-se uma mini semente

Isto incomoda o sossego.

Grave em qualquer momento

No caso lembra o morcego

O sangue é o seu alimento.

Pular para o conteúdo