MÃE LUTA CONTRA CÂNCER E RELATA HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO

MÃE LUTA CONTRA CÂNCER E RELATA HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO

NEIDE BLACK, COMO É CONHECIDA, ENFRENTOU UM C NCER AGRESSIVO, MAS COM O APOIO DA FAMÍLIA CAMINHA PARA O FINAL DO TRATAMENTO.

Mãe é sinônimo de fé, força e coragem. Esses adjetivos podem ser encontrados na vida de Neide Maria Ezequiel Costa, 64 anos, casada há 45 anos com o bondoso senhor Luis Costa, mãe de 2 filhos e avó de 4 netos. Natural de Cravinhos, a cabeleireira é bem conhecida na cidade como Neide Black, e coleciona elogios pelo trabalho que desempenha há anos.  

DIAGNÓSTICO

Receber a notícia de um diagnóstico de câncer é um momento muito difícil, pois o medo, a incerteza e tristeza chegam repentinamente mudando a rotina e levando muitos ao desespero de ter que enfrentar o desconhecido.

Em maio de 2021, após um ano de idas e vindas ao médico, muitos exames, trocas de remédios e equívoco médico, Neide Black desistiu de continuar seguindo o tratamento indicado pelo médico que a acompanhava há 25 anos, pois não estava vendo melhoras no seu estado de saúde. Foi quando a cabeleireira decidiu procurar auxílio médico no Centro de Referência da Saúde da Mulher (Mater), em Ribeirão Preto, onde, após passar por novos exames foi surpreendida com um assustador diagnóstico de câncer em estágio avançado.

“Eu sempre fui uma pessoa de muita saúde, sempre fui contra tomar remédios, sempre fui muito saudável, tanto que na minha casa ninguém imaginou que eu pudesse ficar doente, então foi um susto para todos nós quando eu recebi o diagnóstico de câncer”, disse Neide. “Para mim e minha família um buraco se abriu, o desespero bateu, mas eu sou uma mulher de muita fé, por isso sempre digo que na minha vida não foi sorte, foi Deus”, complementou a cabeleireira. 

TRATAMENTO 

Para iniciar o processo de cura através do tratamento, Neide encontrou forças em Deus e após ouvir o conselho do seu médico. “Quando o médico viu meu desespero, me disse ‘Neide, o câncer tem tratamento, tem muitas outras doenças que não tem’. Quando ouvi isso, me apeguei a minha fé e as palavras do médico, e encontrei forças para enfrentar tudo o que viria pela frente”, contou.

Após o diagnóstico, Neide Black já deu início ao tratamento e em agosto de 2021 fez a cirurgia para retirada do tumor, uma cirurgia invasiva, que exigiu a ajuda de toda a família para sua recuperação. 

Recuperada, Neide seguiu para os próximos passos e enfrentou 6 sessões de quimioterapia, 25 sessões de radioterapia e mais 3 sessões de braquiterapia, uma nova linha de tratamento que consiste radioterapias internas inseridas diretamente no local onde foi retirado o tumor. 

A cabeleireira fez o tratamento de forma impecável, entendendo que deveria fazer tudo o que estivesse ao seu alcance para alcançar a cura. “Eu segui o tratamento à risca. Não faltei nenhuma consulta ou retorno, não deixei de ir em nenhuma sessão de quimioterapia ou radioterapia. Eu apeguei minha fé em Deus, que me deu muita força para enfrentar esse momento difícil e não desanimei”, explicou. 

Hoje, Neide está finalizando seu tratamento, já está nas sessões de braquioterapia e diz que já está curada. “Desde que eu terminei a quimioterapia, já coloquei na minha mente que estou curada. Então eu estou bem, graças a Deus, estou trabalhando normalmente, seguindo minha vida normal, pois não podemos desanimar”, comemorou.

FUNDAMENTAL É A FAMÍLIA

Mãe, independente da dificuldade, não desanima, se agarra com Deus e enfrenta as situações difíceis que a vida impõe, encontrando motivação no amor que tem pelos filhos, pois, independente da idade dos filhos, o amor de mãe é sempre o mesmo.

E foi essa força tão necessária que Neide encontrou em seus filhos, esposo e netos. Ela explicou que para passar por algo tão doloroso, o amor da família foi fundamental. “Durante um tratamento de câncer, o apoio e ajuda da minha família foi tudo pra mim. Minha filha praticamente abandonou a casa dela pra cuidar de mim e meu filho, mesmo trabalhando, vinha todos os dias me ver e saber como eu estava. Já meu esposo, ah, ele foi tudo pra mim, meu amigo, meu companheiro, meu braço direito que não me deixou só em nenhum momento”, falou Neide Black.

Através da força recebida pelos filhos uma mãe passa por lutas gigantescas e alcança a vitória. “Meus filhos são tudo pra mim, eles cuidaram de mim, fizeram tudo por mim e isso renovou minhas forças para lutar. Me acompanharam nas sessões do tratamento, e meu filho que não podia perder dia de serviço se programou para ir comigo na última sessão de quimioterapia, ficou comigo lá o tempo todo e comemorou comigo o fim daquele ciclo”, contou Neide emocionada.

Como uma família bem unida que são, para Veridiana, filha de Neide, todo esse processo fez com que eles valorizassem ainda mais o amor que sentem uns pelos outros. “Neste tempo o que ficou claro pra mim é a importância do amor pela família. Quando ela recebeu esse diagnóstico pensei que fosse perder minha mãe, pensei em como ela iria enfrentar o tratamento. Então eu estava sempre ali dando força a ela, não deixando ela desanimar de seguir em frente. Hoje posso dizer que o meu amor por minha mãe triplicou. Eu sempre a amei, mas com essa experiência tão difícil que nós tivemos, meu amor por ela aumentou muito. Hoje eu valorizo ainda mais o bom dia, enfim, os simples gestos que ela faz por mim”, disse Veridiana.

Para André, também filho de Neide, o sentimento não foi diferente, pois fez com que todos se unissem ainda mais. “Pra mim, como pra toda família, foi muito difícil e mudou totalmente as nossas vidas, mas ao mesmo tempo nos unimos mais porque focamos na fé em Deus e na importância de manter nossas estruturas para passar por isso com a graça de Deus, falou”.

DIA DAS MÃES 

Este ano, o Dia das Mães da família Costa será ainda mais especial, pois todos passarão juntos comemorando a vida. “Este ano, comemorar o Dia das Mães será muito especial pra mim, porque por algum momento eu imaginei que não estaria aqui com as minhas crianças”, comemorou Neide Black.

Já os filhos estão radiantes pela oportunidade de ter a mãe ao lado neste dia e em todos os outros que virão. “Esse Dia das Mães será bem diferente porque sei que Deus concedeu uma bênção à minha família, o livramento e a cura. Ter quem você mais ama ao seu lado é inexplicável, então beije e ame muito. TE AMO MINHA RAINHA”, disse André. “Neste Dia das Mães meu coração só tem gratidão a Deus por estarmos todos aqui, por isso agradeço a todos que pediram a Deus pela vida da minha mãe”, falou Veridiana.

 AGRADECIMENTO ESPECIAL

Para passar por um processo doloroso como um tratamento de câncer, contar com a ajuda de outros faz toda a diferença e nesse quesito, além da família, Neide foi agraciada com o apoio recebido pela prefeitura de Cravinhos. “Toda minha gratidão a Deus e também a prefeitura de Cravinhos, pelo cuidado com a saúde da cidade, pois eu sempre fui muito bem tratada”, contou agradecida.

Foram muitas idas ao Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto para consultas, retornos e tratamento, e neste processo, o transporte público disponibilizado pelo município de Cravinhos fez toda a diferença no tratamento de Neide, “Nesse período de tratamento, Deus me agraciou com essa ajuda da prefeitura. Eu ligava lá, marcava a condução e eles me pegavam na porta e me deixavam na porta de casa, nunca tive um não. Por isso quero agradecer aos motoristas de Cravinhos que sempre foram muito gentis comigo, em especial ao Fernando, famoso Tiquinho, aquele moço é de um coração enorme, é uma pessoa que sabe separar paciente de passageiro, não só comigo, mas como todos. Aquele moço é muito especial, então a prefeitura de Cravinhos está de parabéns com a saúde, eu não tenho do que reclamar”, disse a cabeleireira agradecida.

ALERTAS

Neide explicou que o tumor que a acometeu foi resultado de sucessivos erros do médico que a acompanhava há 25 anos, por isso deixa um alerta para que todas as mulheres possam se conscientizar, principalmente mulheres que já estão vivenciando a menopausa. “Infelizmente estou enfrentando essa situação por conta do diagnóstico errado dado pelo meu médico. Então eu deixo um alerta: menstruou pós-menopausa, fique atenta. Não é normal. Não tem lógica voltar menstruar depois de tantos anos”, alertou.

Outro alerta que Neide Black fez questão de registrar, foi uma mensagem de esperança a todos que estão lutando contra o câncer. “Câncer tem cura! Hoje esse diagnóstico não é mais uma sentença de morte, o importante é cuidar da mente, ter um pensamento positivo, fazer o tratamento corretamente e acima de tudo, ter fé e confiar em Deus”, concluiu.

Por: Crislaine Messias

Fotos: arquivo pessoal

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do nosso website. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ajude-nos a melhorar nosso website

Nos informe sobre erros de digitação, informações ou problemas técnicos.