Fortes ondas de calor atingem Ribeirão Preto e causam alerta para o câncer de pele

Fortes ondas de calor atingem Ribeirão Preto e causam alerta para o câncer de pele

Oncologista destaca cuidados necessários para combater os riscos causados pelas altas temperaturas da cidade.

As fortes ondas de calor dos últimos dias anteciparam o clima de verão no Brasil e levantaram alertas para os cuidados com a saúde, em especial da pele. Mais do que nunca, tem sido essencial a disseminação da campanha Dezembro Laranja, lançada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia em 2014, com o objetivo de conscientizar a população sobre os riscos do câncer de pele.

“Ribeirão Preto é um dos municípios mais quentes do estado e com a chegada destas fortes ondas de calor, a intensidade dos raios UV estão aumentando significativamente. Nestes períodos a exposição ao sol também é maior, portanto, os alertas e cuidados devem ser reforçados”, comenta Cristiane Mendes, oncologista da Oncoclínicas Ribeirão Preto.

De acordo com estimativa do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o tumor de pele não melanoma – o mais incidente no país – representa cerca de 30% de todos os casos de tumores malignos registrados. Ainda segundo dados do Instituto, somente no Estado de São Paulo, são esperados mais de 56 mil casos da doença por ano, entre 2023 e 2025, com incidência maior entre as mulheres.

A oncologista explica que, este tipo de neoplasia ocorre quando as células da pele se multiplicam de forma desordenada, fazendo surgir lesões na pele que se classificam de duas maneiras. “O câncer de pele não-melanoma tende a surgir principalmente nas áreas do corpo mais expostas ao sol, como rosto, pescoço e orelhas. Já o melanoma, apesar de menos frequente, é potencialmente mais grave e pode aparecer em qualquer parte do corpo”, continua.

Prevenção e diagnóstico

De acordo com a médica, o câncer de pele costuma apresentar-se através de lesões que crescem progressivamente, ou que coçam, ardem, descamam, sangram ou até mesmo surge como feridas que não cicatrizam após quatro semanas. Portanto, é fundamental estar atento e procurar avaliação médica após notar qualquer alteração na pele.

E a prevenção é o reforço dos cuidados diários. “Além de reforçar a hidratação oral, aumentando a ingestão de água neste período é fundamental proteger localmente a pele, usando de filtro solar diariamente, 30 minutos antes de sair de casa, com fator mínimo de proteção 30 e com reaplicação ao longo do dia. Também é importante evitar exposição prolongada ao sol entre 10h e 16h, proteger os lábios com filtro apropriado e reforçar a proteção com uso de roupas, bonés, chapéus, óculos escuros com proteção UV e sombrinhas’’, finaliza a médica.

Cristiane ainda faz um alerta para os cuidados com a pele mesmo na sombra ou em ambientes fechados. “Em períodos de fortes ondas de calor como este, é necessário bloquear a radiação na pele mesmo não estando diretamente exposto ao sol. É importante destacar que os raios podem penetrar janelas, atravessar nuvens e ainda são refletidos pela água, areia e concreto”, finaliza a médica.

Sobre a Oncoclínicas&Co

A Oncoclínicas – maior grupo dedicado ao tratamento do câncer na América Latina – tem um modelo especializado e inovador focado em toda a jornada do tratamento oncológico, aliando eficiência operacional, atendimento humanizado e especialização, por meio de um corpo clínico composto por mais de 2.600 médicos especialistas com ênfase em oncologia. Com a missão de democratizar o tratamento oncológico no país, oferece um sistema completo de atuação composto por clínicas ambulatoriais integradas a cancer centers de alta complexidade. Atualmente possui 135 unidades em 35 cidades brasileiras, permitindo acesso ao tratamento oncológico em todas as regiões que atua, com padrão de qualidade dos melhores centros de referência mundiais no tratamento do câncer.

Com tecnologia, medicina de precisão e genômica, a Oncoclínicas traz resultados efetivos e acesso ao tratamento oncológico, realizando mais de 595 mil tratamentos nos últimos 12 meses. É parceira exclusiva no Brasil do Dana-Farber Cancer Institute, afiliado à Faculdade de Medicina de Harvard, um dos mais reconhecidos centros de pesquisa e tratamento de câncer no mundo. Possui a Boston Lighthouse Innovation, empresa especializada em bioinformática, sediada em Cambridge, Estados Unidos, e participação societária na MedSir, empresa espanhola dedicada ao desenvolvimento e gestão de ensaios clínicos para pesquisas independentes sobre o câncer. A companhia também desenvolve projetos em colaboração com o Weizmann Institute of Science, em Israel, uma das mais prestigiadas instituições multidisciplinares de ciência e de pesquisa do mundo, tendo Bruno Ferrari, fundador e CEO da Oncoclínicas, como membro de seu board internacional.

Para obter mais informações, visite https://grupooncoclinicas.com/.

Conheça nossos Parceiros

Mais Notícias
Pular para o conteúdo