Fernanda Marx estreia turnê “Flor de Café 10 anos” dia 1º de junho em Ribeirão Preto

Fernanda Marx estreia turnê “Flor de Café 10 anos” dia 1º de junho em Ribeirão Preto

Show será realizado no Teatro Municipal, às 20h, e contará com a participação especial do cantor, compositor e instrumentista carioca, Pedro Luís

O primeiro show da turnê “Flor de Café 10 anos”, projetada para comemorar uma década de carreira solo da cantora e compositora Fernanda Marx, acontece no dia 1º de junho, às 20h, no Teatro Municipal de Ribeirão Preto, cidade natal da artista e palco central de seus principais projetos.

O show de estreia, que tem apoio do SESC Ribeirão Preto, também contará com a participação especial do cantor, compositor, instrumentista, arranjador e produtor carioca, Pedro Luís. O músico, que esteve recentemente em turnê pela Europa com passagens por Portugal, Espanha e França, é reconhecido internacionalmente e aclamado pelos projetos como “Pedro Luís e a Parede”, do grupo Monobloco, além de ter composições espalhadas por toda a MPB.

“Estreitar laços com Fernanda Marx foi uma das surpresas dos tempos de isolamento. Nos conectamos pelas redes, que foram tão fundamentais. E, a partir da audição da versão que ela fez de O Embaixador e a Embaixatriz, canção minha em parceria com Moyseis Marques, chegou a mim o trabalho dessa cantora e autora de timbre marcante e interessantíssimo! Poder encontrá-la no palco vai ser com certeza especial, para celebrarmos esse retorno aos encontros ao vivo, que tanto nos abastecem”, afirma o músico.

Para a cantora, a parceria com Pedro Luís é um grande presente para a turnê comemorativa. “Tenho grande admiração pelo trabalho do Pedro, que além de ser um artista ímpar, é de uma generosidade imensa. As suas canções e trajetória me inspiram e, agora, poder estar lado a lado com um artista desta grandeza, em um projeto que marca a minha história com a música é extremamente gratificante”, frisa.

A venda on-line de ingressos para o show tem início no dia 24 de maio, às 12h no site do Sesc Ribeirão Preto. Já nas bilheterias da unidade, a venda começa no dia 25/05, a partir das 17h. Os valores são R$ 9, para quem tem Credencial Plena do SESC, R$ 15 a meia-entrada e R$ 30, inteira.

A circulação da apresentação foi viabilizada pelo PROAC e, além de Ribeirão Preto, passará por mais quatro cidades do estado de São Paulo: Franca, Campinas, São Paulo e Santos.

Flor de Café

O show Flor de Café traz toda a inquietação de Fernanda Marx em redescobrir e reinventar canções consagradas, dando a elas novas roupagens. “Será o marco de uma nova trajetória artística na minha carreira, celebrando meus 10 anos de carreira solo”, comenta a cantora. “O público poderá curtir um repertório que passeia pelo samba, afro, xote, samba-jazz, maracatu e outros ritmos que fazem parte da minha formação e, também, do que fui trazendo, buscando e experimentando”, reforça Fernanda.

Na lista das canções do projeto estão: “Caêu”, de Liniker; Tigresa, de Caetano Veloso; “Cálice, de Chico Buarque; “Ladeira da Preguiça”, de Gilberto Gil; além de “Lembrança”, canção de Fernanda em parceria com Lucas Oliveira.

O projeto tem a participação dos músicos Leandro Cunha (pianista), Marcelo Toledo (saxofone), Mauro Zacharias (trombone), Manga Moraes (trompete), Michel Miranda (bateria) e Rafael Ramos (baixo) – que acompanham a cantora desde o lançamento do Flor de Café em 2012 – e ganham ainda o reforço de Lucas Oliveira (Guitarra) e Ricardo Perez (Percussão), que completam e diversificam todo arrojo musical proposto pela artista.

PROAC

O “Flor de Café – 10 anos – O princípio da estrada” é um projeto contemplado pelo Edital PROAC – nº 17/2021 – Música/Circulação, com o apoio do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Sobre Fernanda Marx

Cantora há 25 anos, Fernanda Marx iniciou sua carreira solo em 2012 com o show “Flor de Café”. Além dele, sua carreira é marcada pelos shows: “Refazendo Gonzaguinha”; “Baile da Nega”; “INNOVE” (show de seu primeiro disco, lançado em 2017); e “Marx canta Jackson”, criado a pedido do SESC Ribeirão Preto. Ela integra grupos da “Cia. Minaz”, tendo se apresentado em diversas montagens de óperas, concertos, musicais, shows, com solista e coralista. Além disso, é uma das criadoras e integrantes da “Roda das Flores”, grupo de resgate do samba e também backing vocal e solista da banda Missionários do Blues.

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do nosso website. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ajude-nos a melhorar nosso website

Nos informe sobre erros de digitação, informações ou problemas técnicos.