Família busca informações sobre homem desaparecido

Família busca informações sobre homem desaparecido

O senhor Marlim Cassiano está desaparecido desde o dia 21 de outubro. A família está em busca de informações do seu paradeiro.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
O senhor Marlim Cassiano está desaparecido desde o dia 21/10/2021 | Fotos: divulgação
O senhor Marlim Cassiano está desaparecido desde o dia 21/10/2021 | Fotos: divulgação

A família do senhor Marlim Cassiano, de 74 anos, tenta desvendar seu paradeiro. Marlim saiu da sua residência em um sítio no Corgo Grande, que fica localizado perto do Morro do Dioguinho, zona rural de Cravinhos e, segundo a família, ele tem problemas de saúde, como mal de Alzheimer, e está desaparecido desde o dia 21 de outubro, período da manhã.

No dia do desaparecimento, o homem saiu de casa sem celular, carteira e documentos, portando apenas as roupas do corpo.

A família pede ajuda da população para encontrar o senhor Marlim Cassiano. Quem tiver notícias, pode informar a polícia através do telefone 190, ou entrar em contato com familiares pelos telefones (16) 99337-3337 ou (16) 99214-2340

MOÇÃO DE APLAUSOS E CONGRATULAÇÕES

Os Guardas Civis Municipais de Ribeirão Preto receberam uma homenagem da Câmara Municipal, apresentada pelos vereadores Antônio Clarete Garbelini Vessi Júnior, Marco Antônio Lucas Fortunato, Marco Aurélio Pereira Lopes.

O reconhecimento aconteceu pelo fato de, no último dia 30 de outubro, eles estarem na cidade fazendo buscas pela região do Corgo Grande e Morro do Dioguinho, sendo o Coordenador Operacional do Canil da GCM RP, Senhor Mário Eduardo Luchetti, Senhor Paulo Sérgio de Oliveira – GCM 1° Classe e a cachorra K9 Hope – VTR 360-CANIL. As buscas não tiveram sucesso, já que o senhor Marlim Cassiano ainda não foi encontrado.

“Esta cachorra tem um diferencial na procura, pois ela não faz a busca pelo cheiro do tecido da roupa, mas sim pelo cheiro da enzima que uma pessoa portadora de Alzheimer libera quando está em estado de estresse”, explicou o vereador Marco Fortunato. Segundo o edil, que também participou das buscas que teve a duração de 5 horas embaixo de chuva, os guardas pretendem voltar na região, porém, com outro cachorro especializado em uma diferente condição.

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do nosso website. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ajude-nos a melhorar nosso website

Nos informe sobre erros de digitação, informações ou problemas técnicos.