Estado de São Paulo deve concentrar mais de 30% dos casos de câncer de tireoide do Brasil

Estado de São Paulo deve concentrar mais de 30% dos casos de câncer de tireoide do Brasil

De acordo com dados do INCA, a neoplasia deve atingir aproximadamente 17 mil pessoas em cada ano do triênio 2023-2025

Assim como o hipotireoidismo, hipertireoidismo e doenças autoimunes, o câncer também está entre as patologias relacionadas à tireoide. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 750 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de alguma alteração da glândula, que é conhecida pelo seu formato de borboleta e fica localizada na parte anterior do pescoço. 

Dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer) apontam que, no Brasil, o câncer de tireoide deve atingir aproximadamente 17 mil pessoas em cada ano do triênio 2023-2025. Destes, cerca de 15 mil casos devem ocorrer entre a população feminina, a mais afetada pela doença. Somente no estado de São Paulo, o número de casos deve chegar a 5,5 mil, concentrando mais de 30% de pessoas diagnosticadas com a neoplasia.  

Dra. Cristiane Mendes é oncologista da Oncoclínicas Ribeirão Preto. (Divulgação)

“Nódulos na região anterior do pescoço com crescimento progressivo ou que tenham consistência endurecida ou lesões de difícil mobilização que aparentaram estar fixas são apresentações comuns do câncer de tireoide. Sintomas como rouquidão, falta de ar e dificuldade para engolir alimentos podem indicar lesões maiores da tireoide. Nestes casos, é necessário buscar imediatamente uma avaliação médica. Entretanto, vale destacar que a presença de nódulos nesta região pode corresponder a alterações benignas e surgem em qualquer idade, porém é importante a caracterização correta, seguimento ou tratamento se estiver indicado, comenta Cristiane Mendes, oncologista da Oncoclínicas Ribeirão Preto. 

A tireoide é responsável pela produção dos hormônios T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina), que agem na função de órgãos vitais como coração, cérebro, fígado e rins.  

Diagnóstico precoce e prevenção 

O diagnóstico precoce do câncer de tireoide é fundamental para melhores resultados no tratamento. “Estão mais propícios a desenvolver a doença pessoas que foram submetidas à irradiação do pescoço previamente, portadores de obesidade, pacientes que fazem dietas pobres em iodo, ou que possuem histórico familiar positivo para neoplasia de tireoide (corresponde a 10% dos casos)”, explica a médica. 

Cristiane Mendes ressalta ainda, que manter o peso corporal adequado é a melhor forma de prevenção para o câncer de tireoide. “A alimentação pode ser aliada na prevenção dos mais diversos tipos de câncer e, nesse caso, não é diferente.  Fazer uma dieta rica em alimentos de origem vegetal, como frutas, legumes, verduras e cereais integrais, bem como evitar os ultraprocessados prontos para consumo e as bebidas açucaradas somado a prática de atividade física, são medidas fundamentais para a saúde em geral e podem colaborar com a prevenção da doença”, orienta. 

Detecção e tratamento 

A oncologista explica que o diagnóstico da doença é feito por meio de exames clínicos, laboratoriais e confirmado por uma punção do nódulo suspeito. O material é avaliado pelo médico patologista . 

“Já o tratamento do câncer da tireoide dependerá do estadiamento e do subtipo de lesão (folicular, papílifero ou medular). A cirurgia é a principal terapia, que pode ser a retirada parcial ou total da glândula. Em alguns casos se faz necessário complementar o tratamento com iodo radioativo, radioterapia, terapia alvo e até com quimioterapia”, finaliza a médica da Oncoclínicas Ribeirão Preto. 

Sobre a Oncoclínicas&Co 

A Oncoclínicas&Co. – maior grupo dedicado ao tratamento do câncer na América Latina – tem um modelo especializado e inovador focado em toda a jornada do tratamento oncológico, aliando eficiência operacional, atendimento humanizado e especialização, por meio de um corpo clínico composto por mais de 2.700 médicos especialistas com ênfase em oncologia. Com a missão de democratizar o tratamento oncológico no país, oferece um sistema completo de atuação composto por clínicas ambulatoriais integradas a cancer centers de alta complexidade. Atualmente possui 143 unidades em 38 cidades brasileiras, permitindo acesso ao tratamento oncológico em todas as regiões que atua, com padrão de qualidade dos melhores centros de referência mundiais no tratamento do câncer.

Com tecnologia, medicina de precisão e genômica, a Oncoclínicas traz resultados efetivos e acesso ao tratamento oncológico, realizando aproximadamente 615 mil tratamentos nos últimos 12 meses. Possui a Boston Lighthouse Innovation, empresa especializada em bioinformática, sediada em Cambridge, Estados Unidos, e participação societária na MedSir, empresa espanhola dedicada ao desenvolvimento e gestão de ensaios clínicos para pesquisas independentes sobre o câncer.

Para mais informações, acesse link.

Conheça nossos Parceiros

Mais Notícias
Montôt lança estúdio conceito de arquitetura corporativa em Ribeirão Preto

Novo espaço inaugurado no Alto da Boa Vista oferece uma abordagem inovadora, transformando o showroom em um ambiente de trabalho e experimentação que integra experiência e funcionalidade. Com soluções utilitárias e parcerias estratégicas com marcas brasileiras como a Legg (mobiliários) e a Everlight (iluminação), estúdio revoluciona o conceito de design de interiores e arquitetura corporativa na cidade.

Pular para o conteúdo