Escritor João Carrascoza faz tarde de autógrafos no Centro Cultural “Chafi Salomão”

Escritor João Carrascoza faz tarde de autógrafos no Centro Cultural “Chafi Salomão”

Evento aconteceu no sábado (26/030 e reuniu um grande público. Todos interessados em conhecer o escritor e os seus mais de 40 livros já lançados.

O escritor cravinhense e vencedor de dois Prêmios Jabuti (o mais importante da literatura brasileira), João Anzanello Carrascoza, que sempre traz em seus livros um pouco da história de Cravinhos, participou de “Tarde de Autógrafos”, no sábado (26/03), no Centro Cultural “Chafi Miguel Salomão”, momento que pôde contar um pouco mais sobre seu recente lançamento “Tramas de Menino”, bem como outros livros já lançados e que conquistaram diversos prêmios. Entre os destaques podemos citar Trilogia do Adeus, Aquela água Toda, A terra do lá, Aos 7 aos 40, Elegia do Irmão, Caleidoscópio de Vida, A vida naquela hora, O vaso azul, As flores do lado debaixo, A terra do lá, Utensílios-para-a-dor, Diário de Coincidências, Armazém do Sol, Linha Única e Meu amigo João.

“Sempre faço lançamentos e noite de autógrafos em livrarias e faculdades, mas estar aqui em Cravinhos é especial, porque posso reencontrar os amigos, criar novos vínculos e transformar tudo em algo mais informal e aconchegante. Além de hoje em especial poder ver o nosso antigo Clube Recreativo transformado em um grandioso Centro Cultural”, comenta o escritor João Carrascoza.

O evento ainda teve a apresentação de estudantes das escolas estaduais de Cravinhos, que fizeram homenagens dos mais variados modos ao escritor, que agora também é leitura obrigatória nos principais vestibulares do Brasil.

“Lindo ver esses alunos cravinhenses saindo de suas residências e participando dessa tarde de muita literatura e homenagens a esse escritor cravinhense, que faz questão de levar o nome de nossa cidade a todos os lugares que vai. Parabéns, João Carrascoza, você é um exemplo de cidadão a toda nossa população, e que esses jovens possam se inspirar em sua história e trajetória, e também levar o nome de Cravinhos aos diversos cantos do mundo”, comenta o prefeito de Cravinhos, Itamar Bueno. Com sua simplicidade e muito talento, João Carrascoza, já conquistou os principais prêmios literários do país: além do Jabuti, tem em seu currículo Guimarães Rosa/Radio France Internationale, Fundação Biblioteca Nacional, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil e Associação Paulista dos Críticos de Arte.

“O João é um grande escritor e não é à toa que venceu diversos prêmios de literatura em âmbito nacional e internacional. É um prazer poder recebê-lo nessa semana de inauguração do Centro Cultural de Cravinhos”, ressalta a secretária de Cultura e Turismo de Cravinhos, Andréa Gaspar.

O escritor João Carrascoza se fez presente durante toda a tarde e início da noite autografando seus diversos livros, bem como tirando fotos e conversando com todos que se fizeram presentes ao evento. Vale salientar que o evento foi abrilhantado pela apresentação do músico Wilson Fernando, que executou diversas músicas com o seu saxofone.

CONHEÇA JOÃO CARRASCOZA
João Luiz Anzanello Carrascoza, cravinhense, filho de Maria Helena Anzanel Carrascoza e de André Trevelin Anéas Carrascoza, pai de Lucas e da Maria Flor. Descobriu o gosto pela leitura com sua mãe e a poesia com a vida. O escritor é graduado em Publicidade e Propaganda pela Escola de Comunicações e Artes (1983), com mestrado (1999) e doutorado (2003) em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo, onde é professor da disciplina Redação Publicitária desde 1990. É também docente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo da Escola Superior de Propaganda e Marketing (SP), com pós-doutorado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (2014) sobre a interface publicidade e literatura.

Comunicação é a sua área de investigação, com ênfase nos processos retóricos e análise do discurso da publicidade. Escritor, vem publicando coletâneas de contos e romances, além de obras para crianças e jovens, já são mais de 40 livros lançados.

João, o menino poeta, que saiu das ruas de Cravinhos e ganhou o mundo literário nos fala, através da sua escrita e também do seu silêncio que: “O mistério de cada um só a ele pertence, há regiões nossas às quais nem nós mesmos alcançamos.”

Reportagem e fotos: Kennedy Oliveira/Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Cravinhos

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do nosso website. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ajude-nos a melhorar nosso website

Nos informe sobre erros de digitação, informações ou problemas técnicos.