CONSELHEIROS TUTELARES DE CRAVINHOS TOMAM POSSE

CONSELHEIROS TUTELARES DE CRAVINHOS TOMAM POSSE

CERIMÔNIA OCORREU NA SEXTA (12/01), NA CÂMARA MUNICIPAL DOS VEREADORES, COM A PRESENÇA DOS CONSELHEIROS TUTELARES ELEITOS E SUPLENTES, AUTORIDADES E CONVIDADOS.

A Prefeitura Municipal de Cravinhos e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Cravinhos (CMDCA) realizaram na manhã desta sexta-feira (12), na Câmara dos Vereadores de Cravinhos, a cerimônia de posse dos membros dos Conselhos Tutelares, para o quadriênio 2024/2028. Foram empossados 5 conselheiros tutelares e 5 suplentes.

O prefeito Itamar Gomes Bueno, que deu posse aos conselheiros, defendeu a importância Conselho Tutelar como órgão de garantia e proteção dos direitos de crianças e adolescentes. 

“Os conselheiros tutelares que foram reeleitos são prova de que o trabalho realizado, com apoio da administração pública, tem sido promissor, transparente e eficiente para nossas crianças e adolescentes. A administração pública se coloca como parceira nessa luta. Nós acreditamos na construção de uma sociedade onde a criança e o adolescente tenham seus direitos preservados cotidianamente”, defendeu o prefeito. 

O vice-prefeito e Secretario da Assistência Social, Márcio Barroso também esteve presente no ato solene e ressaltou a importância da parceria com a Secretaria nas ações do Conselho Tutelar e CMDCA.

“O conselheiro tutelar é aquele que se incomoda com a injustiça e não consegue normalizar a injustiça. Reconhecemos todo os esforços desses cidadãos e cidadãs que assumem o compromisso de garantir e defender direitos de crianças e adolescentes. Tenham certeza de que vocês não estarão sozinhos, tanto a Prefeitura como a Secretaria da Assistência Social estarão com vocês”, ressaltou o vice-prefeito.

O presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Leandro Mauricio, foi responsável pelo protocolo da cerimônia e falou sobre a profissão dos conselheiros.

“Ocupar o cargo de conselheiro tutelar é mais que o ocupar um cargo público. Exige carinho e sensibilidade no cumprimento dessa difícil missão que, apesar dos percalços e da grande responsabilidade, se torna prazerosa pois repercute e faz diferença na vida de crianças e adolescentes. Parabéns a todos e sucesso nessa empreitada”, finalizou Leandro Mauricio.

A carga horária de trabalho do conselheiro tutelar é de 8 horas diárias, em regime de tempo integral e dedicação exclusiva, de segunda a sexta-feira, em dias úteis, nos termos do art. 15 da Lei nº 6.594, de 2007, e em plantões no horário noturno, aos finais de semana e aos feriados, conforme disposto no art. 15-A da Lei nº 6.594, de 2007.

Da Redação

Fotos: divulgação

Conheça nossos Parceiros

Mais Notícias
Pular para o conteúdo