Cobre presente nas tubulações dos chuveiros podem danificar os cabelos

Cobre presente nas tubulações dos chuveiros podem danificar os cabelos

Danos podem resultar em pontas duplas, ressecamento excessivo e mudança na cor dos fios. Tubulações de residências antigas podem liberar resíduos na água, afetando diretamente a saúde e a aparência dos cabelos.

Mesmo com todos os cuidados, os cabelos teimam em não apresentar o brilho e a vitalidade desejados. Além dos fatores comuns como exposição solar excessiva, banhos mais quentes no inverno e uso frequente de produtos químicos, há um vilão oculto que pode estar contribuindo para o ressecamento e danos capilares: o cobre presente nas tubulações das residências, ou seja, os canos dos chuveiros.

Hairstylist Eliane Pavini, proprietária do salão Shampoo Eliane e Rafael Pavini, em Ribeirão Preto (SP). (Divulgação)

A hairstylist Eliane Pavini, proprietária do salão Shampoo Eliane e Rafael Pavini, em Ribeirão Preto (SP), faz um alerta para os efeitos do cobre, principalmente em cabelos loiros e coloridos. “A incompatibilidade do cobre com agentes como a água oxigenada, fundamental em processos de descoloração e coloração, pode resultar em tons indesejados, ressecamento excessivo e pontas duplas ao longo do tempo”, explica a profissional que tem mais de 30 anos de profissão.

O cobre presente nos canos dos chuveiros pode reagir com os produtos químicos da água, como cloro e outros tratamentos de purificação. Essa ocorrência química pode resultar na formação de compostos que são prejudiciais para a saúde dos cabelos, tornando-os secos, quebradiços e sem brilho.

A descoberta tem como base um estudo produzido pela empresa Proctor & Gamble e publicado no “The International Journal of Cosmetic Science”, que apontou que o cobre, presente em tubulações de residências mais antigas, pode liberar resíduos na água, afetando a saúde e a vitalidade dos fios.  “O cobre acaba sendo projeducial não apenas para as mulheres que fazem colorações constantes, mas ele pode, gradualmente, acumular-se nos fios, resultando em cabelos sem brilho e propensos a frizz”, alerta.

Segundo Eliane Pavini, para evitar o problema, algumas medidas simples podem ser adotadas em casa, como o uso de óleos capilares antes da lavagem e a incorporação de um shampoo de limpeza profunda a cada quinze dias. A hairstylist destaca ainda a necessidade de hidratações profundas após esses procedimentos.

SOBRE ELIANE PAVINI

Eliane Pavini é proprietária do Shampoo Eliane e Rafael Pavini, salão localizado no bairro Boulevard, em Ribeirão Preto, no interior paulista.  Possui mais de 35 anos de profissão – com formação nas maiores academias do mundo, entre elas, Pivo Point, Saco e Llongueras.

Conheça nossos Parceiros

Mais Notícias
Pular para o conteúdo