SOBRE O AMOR

Ninguém pode dar aquilo que não possui. Para dar amor, você tem que ter o amor.

Ninguém pode ensinar aquilo que não sabe. Para ensinar, o amor, você precisa compreendê-lo. 

Ninguém pode conhecer aquilo que não estuda. Para estudar o amor, você precisa viver o amor. 

Ninguém pode apreciar aquilo que não aceita. Para aceitar o amor, você deve tornar-se receptivo a ele. 

Ninguém pode ter dúvida daquilo em que deseja acreditar. Para acreditar no amor, você deve estar convencido do amor.

Ninguém admite aquilo a que não se entrega. Para se entregar ao amor, você deve ser vulnerável a ele.

Ninguém vive daquilo a que não se dedica. Para dedicar-se ao amor, você deve estar sempre crescendo no amor.

Obs: Eu, Beto Vaca, sempre digo que o amor é um sentimento tão delicado, mas tão delicado que a gente pensa que ele existe!

Beto Vaca

Proprietário do peculiar "Bar do Beto Vaca", é uma figura icônica e lendária de Cravinhos com personalidade carismática. Beto compatilha suas experiências de vida, pensamentos e ótimas histórias.

Pular para o conteúdo