Beto Vaca!!

Se me feriram, não feriram a mim, em mim a dor não poderá sangrar, tenho o perdão por princípio e fim, e até o fim procurarei salvar…

No perdão está o alento e dissolver das dores, no esquecer a ofensa, o arrancar do espinho, no amor aos homens um paraíso em flores, no amor a Deus a força de viver sozinho.

Sozinho, digo em meio à multidão. Incompreendido, porque o guia é um solitário, vai arrastando a longa cruz em construção, levando a dor alheia ao seu calvário…

É um enigma, um paradoxo permanente ser uma estrela neste mundo hostil, pagar tão caro e viver amargamente, para repontar as boas ovelhas ao redil…

A tentação é um convite; logo, não é um pecado, e sim, uma opção!

Não precisamos crer na poesia para que ela seja boa, basta que no palco da vida ela nos brinde alguns momentos de lazer.

Todos os nossos pensamentos são iluminados enquanto pensamos na luz.

O fósforo inflama a cabeça para cumprir a missão, mas se o homem a esquenta, perde toda a razão.

Ninguém é bom juiz em causa própria.

Um abraço ao nosso amigo Faria da Barbearia, comprou foguete para o seu time de coração, mas não soltou.

Fica pra próxima, amigo, nós sãopaulinos também sofremos quando nosso time perde, Tchau.

Beto Vaca.

Beto Vaca

Proprietário do peculiar "Bar do Beto Vaca", é uma figura icônica e lendária de Cravinhos com personalidade carismática. Beto compatilha suas experiências de vida, pensamentos e ótimas histórias.

Pular para o conteúdo