BATIZADO TEM A PARTICIPAÇÃO DE 40 ALUNOS DA ASSOCIAÇÃO DE CAPOEIRA MALÍCIA NEGRA

BATIZADO TEM A PARTICIPAÇÃO DE 40 ALUNOS DA ASSOCIAÇÃO DE CAPOEIRA MALÍCIA NEGRA

O 1º FEST CAPOEIRA CRAVINHOS ACONTECEU NA QUADRA DA EMEB. “MARIA VIRGINIA MATARAZZO IPPÓLITO”.

A capoeira talvez seja a expressão do que há de mais brasileiro em termos de atividade física, já que se trata de uma luta criada no Brasil por escravos de origem africana e por ser praticada em grupo e acompanhada de música constante que impõe ritmo aos movimentos.

Para valorizar ainda mais a cultura, a Associação de Capoeira Malícia Negra realizou no dia 28 de maio, na EMEB. “Maria Virginia Matarazzo Ippólito”, o 1º Fest Capoeira Cravinhos, com a presença de aproximadamente 200 pessoas. O evento aconteceu para batizado, troca de cordão e entrega de certificados, com a participação de 40 alunos, formandos, monitores, contra-mestre e mestre.

O projeto de Capoeira é coordenado pelo Presidente do Grupo Malícia Negra, Mestre Moreno, que é assessorado pelo contramestre Paulo, monitores Érica e Guilherme. Durante o evento, também se fizeram presentes alguns Mestres, Grupos e Projetos de Capoeira de Cravinhos, e também o Promotor de Justiça aposentado de Ribeirão Preto, Antônio Alberto Machado.

No final do evento, foi servida uma feijoada produzida pela equipe de merendeiras da EMEB. “Maria Virginia Matarazzo Ippólito”, Nelcy, Juliana, Sirlene e Joana, com a colaboração do Departamento de Alimentação Escolar, Selma, Fabiana, Daniela e Edilaine, com a supervisão das nutricionistas Lilian e Maryana, que também contaram com a colaboração das serventes Ana, Regiane e Gislaine, e do ajudante André. 

O vereador Marco Antônio Lucas Fortunato, popular Marcão do Tião Preto, também apadrinhou o projeto que proporciona conhecimento, novas habilidades esportivas e culturais. “Agradeço o apoio do Prefeito Itamar Bueno, da Secretária da Educação Márcia Donato, da Nutricionista Lilian Cavalcanti, e do José Ricardo Moreira (Prego). Devemos sempre apoiar eventos como esse, já que a filosofia da capoeira disciplina e educa os estudantes, ensinando principalmente o respeito ao próximo”, disse o vereador.

Por: Leandro Cavalcanti

Fotos: divulgação

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do nosso website. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ajude-nos a melhorar nosso website

Nos informe sobre erros de digitação, informações ou problemas técnicos.