Alunos de escolas públicas de Ribeirão Preto e Serrana participam de oficina cultural antes de intercâmbio em Portugal

Alunos de escolas públicas de Ribeirão Preto e Serrana participam de oficina cultural antes de intercâmbio em Portugal

Encontro faz parte do projeto "Era Uma Vez...Brasil" que levará 17 estudantes e dois professores da rede pública da nossa região para Portugal em novembro

Revisitar a História do Brasil a partir de outro olhar, saindo da visão eurocentrada e elevando a percepção a uma ótica que dá vez e voz aos povos originários e aos que aqui foram escravizados. Tudo isso vai na bagagem dos 17 estudantes e um professor da rede municipal de ensino de Ribeirão Preto e Serrana que embarcam no mês de novembro para um intercâmbio de 10 dias em Portugal. 

A viagem é uma das etapas do projeto “Era Uma Vez…Brasil” que reconta a História do Brasil, trabalhando na sala de aula de escolas municipais brasileiras narrativas não mostradas pelos livros didáticos tradicionais e exaltando a importância dos povos originários e quilombolas na construção histórica do país. Em Serrana, o projeto conta com o patrocínio fundamental da Usina da Pedra, apoio da Prefeitura Municipal e da Lei Federal de Incentivo à Cultura, pelo Ministério do Turismo, Governo Federal. Já em Ribeirão Preto, o Grupo Rodonaves é o patrocinador do projeto, que também conta com a parceria da Prefeitura Municipal e da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, por meio do PROAC

Em sua sexta edição, o projeto realiza desde maio atividades simultâneas em oito cidades brasileiras. O encontro realizado em Ribeirão Preto no dia 28 de outubro foi uma prévia da última das quatro fases do projeto, a etapa Comunidade, quando os participantes têm a missão de criar um projeto coletivo de impacto social em seus municípios, bairros, escolas, deixando um legado do projeto para a comunidade. 

Ministrada pela Educadora Dra. Rosemary Rodrigues de Oliveira, do Departamento de Economia, Administração e Educação, da UNESP de Jaboticabal, a oficina estimulou os participantes a refletirem sobre aspectos étnico-raciais da sociedade, focalizando quem são os heróis e heroínas segundo a história clássica, que até hoje são homenageados em diversos espaços urbanos. Também foi criado um ambiente confortável para que os jovens possam criar um projeto de intervenção social de forma mais autônoma, e que venha a ser construída e compartilhada com outros sujeitos em suas respectivas localidades.

Além desse, os participantes terão outros dois encontros que acontecerão após a viagem para Portugal. A atividade traz um diálogo direto com a comunidade de cada estudante, compartilhando e multiplicando os conhecimentos e a experiência adquiridos durante o projeto. Estudantes e professores serão estimulados a refletirem sobre tudo que vivenciaram nas etapas anteriores do projeto, incluindo o intercâmbio. 

“A ideia é que eles se dêem conta do seu papel como sujeitos históricos, agentes com poder de transformar e inovar a realidade de suas comunidades. O objetivo é promover noções de pertencimento comunitário e cidadania”, destaca Marici Vila, da Origem Produções, realizadora do projeto. 

HISTÓRIA PARA ALÉM DOS LIVROS – O “Era Uma Vez… Brasil” é um programa de atividades educativas, artísticas e culturais , que exalta a diversidade, pluralidade e ancestralidade da formação identitária histórica e cultural do Brasil, valorizando a perspectiva dos povos indígenas e africanos e trabalhando conceitos fundamentais como antirracismo, afrocentricidade, indigenismo, ecossocialismo. 

Durante as suas quatro etapas, alunos e professores passam por vivências e atividades que destacam esses conceitos, visitando aldeias indígenas, comunidades quilombolas.

Nesta sexta edição, o projeto vem, desde março, mobilizando simultaneamente alunos do oitavo e nono ano da rede pública de ensino de três estados e oito cidades brasileiras: Salvador, Mata de São João e Jacobina (BA), Belo Jardim (PE), Ribeirão Preto, Lençóis Paulista, Serrana e Macatuba (SP).

O “Era Uma Vez… Brasil” conta com o apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, pelo Ministério do Turismo, Governo Federal.


Por: Divulgação.

Conheça nossos Parceiros

Mais Notícias
Pular para o conteúdo