XXIV COPA MÁRIO RIBEIRO

XXIV COPA MÁRIO RIBEIRO

APÓS ESTAR PERDENDO POR 2 X 0, CONIMEL CONSEGUE EMPATAR

A primeira partida foi travada entre as equipes do S.P.C. da Nova Cravinhos e Conimel do Pedregal, de um lado Ronaldo e do outro Ricardo, dois técnicos da nova sagra que está aparecendo em Cravinhos e com vontade de firmar-se nessa condição.

A partida foi muito boa com SPC vencendo na 1ª etapa por 2×0, com dois gols de Jean. No segundo tempo Ricardo chamou a atenção de seus atletas que, mostrando boa disposição chegaram ao empate com Vanderlei aproveitando duas oportunidades surgidas, dando os números finais ao placar.

Eis a equipe do SPC na Nova Cravinhos dirigida pelo técnico Ronaldo: Tanaka, Jéfferson (Ninete e depois Jéfferson), e Cunhado (Jean), Manella (Cunhado depois Manella, depois Luciano e depois Cunhado), Boby e Reginaldo.

Por sua vez a equipe do Conimel comandada pelo Ricardo apresentou-se com: Fábio, Alex (Ricardinho) e Luiz Bonitinho, Veloni (Marcos e depois Veloni), Rangel (Vanderlei e Vanderlei (Júlio depois Marcos, e depois Tangel.

Na arbitragem, tivemos Riéli com boa atuação enquanto Júlio trabalhou como mesário e auxiliar do árbitro.

NOBESE DO ZÉ DUNGA TROCA DE HORÁRIO, MAS VENCE ASSIM MESMO

A 4ª e última partida deveria ser a 3ª entre Nobese da Nova Cravinhos e Liftrans do Santa Cecília, trocou horário do jogo, mas mesmo assim para alegria do Zé Dunga colheu sua 1ª vitória nesta 24ª Copa Mário Ribeiro.

A partida começou com muito equilíbrio com bonitas jogadas de ambos os lados, mas aos poucos e com a orientação do Zé Dunga, o Nobese foi se mostrando que está com grandes jogadores e marcou 2×0 no 1º tempo, através de Tiago e do bom oportunismo do Marquinhos Germano, que para satisfação de todos os presentes, mostrou ser agora um Marquinhos Germano jogador e dos bons, do que aquele que às vezes era expulso por jogadas violentas.

Do lado do Liftrans estava o técnico Chapadinha, nosso velho conhecido e que conhecia a equipe pela 1ª vez.

Zé Dunga mandou a quadra esta formação para o Nobese da Nova Cravinhos: Renato, Claudiney (Aguinaldo) e Marquinhos Germano (Bigaia), Galo (Luisinho), Biguá (Rogério) e Tiago (Bim) e olha que o Bozaldinoh deu o cano não comparecendo para a estreia.

Chapadinha, técnico do Liftrans do Santa Cecília alinhou assim sua equipe: Cincão, Valdir e Tuniquinho, Célio (Miro), Luciano (Galiléia) e Pena.

Geléia foi o árbitro com o Júlio sendo o mesário.

(Notícias extraídas do Jornal A Tribuna Regional de 28 de novembro de 1998, edição Nº 572).

TRIBUNA ESPORTIVA

Por: Eros Fonseca

25 Anos Atrás

Relembre os eventos do passado de Cravinhos e Região de duas décadas e meia atrás. Informações históricas desde mudanças na paisagem urbana, até eventos marcantes e suas personalidades.

Pular para o conteúdo