Direto do Túnel do tempo!

Direto do Túnel do tempo!

TRIBUNA ESPORTIVA

Por Eros Fonseca

XXIII COPA MÁRIO RIBEIRO

Domingo último tivemos a 3ª rodada da 2ª fase da Copa Mário Ribeiro com 3 partidas sensacionais perante um público que pode ser considerado como bom.

NUM JOGO TÉCNICO, CEBOLÃO LEVOU A MELHOR SOBRE ADILSON

A primeira partida foi travada entre o Sport Club Cravinhos do Itapuã e o Bela Vista, de um lado o técnico Cebolão e do outro o técnico Adilson e, dentro da quadra, grande empenho por parte dos atletas com o árbitro Geléia por 2 x 1 para o time do Itapuã.

Cebolão era só alegria após a partida, pois o seu Sport, com esta vitória vai para vice do grupo, enquanto Adilson, meio triste, e não querendo muita conversa, saiu lamentando a derrota.

Cebolão alinhou assim o Sport Club Cravinhos do Itapuã nesta 2ª apresentação: Demi, Agnaldo, Zé Carlos, Carioca (Fernandão), Rodrigo e Celsinho (Lebrinha e depois Carioca).

Por sua vez, o Adilson mandou a quadra esta formação do Bela Vista: Flávio, Vani, Branquinho, Nina (Eli) Tiquinho e Kiko.

COM OS GOLEIROS PEGANDO QUASE TUDO O PLACAR FICOU EM 1X1

Grande partida foi a 2ª disputada entre o Nobese da Nova Cravinhos e o Cruzeiro do Sumaré, disputa também fora da quadra entre o Zé Dunga e o Amarildo, como costumamos nos referir, duas feras do futebol de quadra.

Enquanto o Zé Dunga pode e mexer bastante em seu time, o Amarildo não contava com muitas opções, mas dentro da quadra quem lá entrou, muito correu, e tentou trazer a vitória para as suas cores, mas de ambos os lados somos obrigados a destacar a atuação dos goleiros Renato e Mota que deixaram escapar apenas uma foi e foi justamente nessa que Zé Antonio marcou para o Nobese enquanto palhinha marcou para o Cruzeiro.

A partida foi marcada pelo nervosismo de ambas as equipes que não queriam de maneira alguma perder, e a curiosidade ficou para Caio e para Codorna, pai e filho jogando em equipes diferentes e ambos esforçando-se muito para não ter que aturar a gozação do outro em casa. No final ambos saíram abraçados e não tendo nada a mexer um com o outro, pois o placar ficou igual em um tento para cada time, placar este que premiou as duas agremiações pelo que realizaram no transcorrer da partida.

No final o Zé Dunga até gostou do resultado pois com esse 1 x 1 seu Nobese vai para a liderança isolado do seu grupo e a equipe que lutou muito foi a seguinte, sob a batuta desse técnico: Renato, Codorna, Ricardo (Vê), Vê (Pedro e depois Zé Antonio), Zé Antonio (Fábio e depois Luizinho) e Rogério (Tiago e depois Bozo).

Já do lado do Cruzeiro do Sumaré, o Amarildo virou o 1º tempo ganhando, mas conseguiu segurar a vitória alinhando assim sua equipe: Mota, Biju, Chico, Jéferson (Caio), Palhinha e Piriquito.

Na arbitragem tivemos o Geléia que levou a partida até o final com pulso firma, mas o importante é que não influiu no marcador, enquanto como mesário estava o Júlio.

25 Anos Atrás

Relembre os eventos do passado de Cravinhos e Região de duas décadas e meia atrás. Informações históricas desde mudanças na paisagem urbana, até eventos marcantes e suas personalidades.

Pular para o conteúdo