Cravinhos, 23 de Novembro de 2017
ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
Notícia
HÁ 6 ANOS, CASA LAR IRMÃOZINHOS DE JESUS REESTRUTURA FAMÍLIAS E OFERECE AMPARO A CRIANÇAS
14/11/2017

MAIS DE 100 CRIANÇAS PASSARAM PELA CASA, DENTRE ELAS, A MAIORIA FOI REESTRUTURA EM SUAS FAMÍLIAS E OUTRAS ESTÃO COM A GUARDA EM PROCESSO DE ADOÇÃO.

 

 

Há 6 anos, com a necessidade de uma Casa Abrigo, o Policial Rodoviário aposentado Anselmo Toledo e sua esposa Fátima, acolhiam e ajudavam pessoas necessitadas, quando havia a necessidade do Conselho Tutelar retirar a criança judicialmente da família, eram levadas a casa do casal através da Casa Amparo Caminho de Luz. Desde o início, a casa possui a ajuda e apoio da Usina Moreno, a qual ajudava a Casa Amparo e acompanham o trabalho desenvolvido por Anselmo e sua esposa. Foi quando surgiu a ideia de formar um abrigo.
“Temos um bom relacionamento com a Usina Moreno, foi com o apoio da empresa que foram comprados os móveis e foram pagos os meses de aluguel. A Casa Lar Irmãozinhos de Jesus abriga e dá total assistência a crianças que são vítimas de maus tratos e negligência. O principal objetivo é de reestruturar famílias, assim possibilitando com que as crianças retornem aos seus lares”, conta o fundador da Casa Lar Irmãozinhos de Jesus, Anselmo Toledo.
No mês de outubro, dia 25, a entidade completou seis anos de existência. Atualmente tem seis crianças acolhidas, dentre elas, dois bebês. Cerca de 100 crianças foram acolhidas nesses seis anos, a maioria foi reintegradas em suas famílias e outras estão com a guarda em processo de adoção. Crianças da cidade de Serra Azul também são atendidas pela Casa.
“No abrigo, trabalhamos para Jesus. No dia-a-dia, lidamos com descasos, como do Poder Público, do pai e da mãe, entre outros episódios. Todas as histórias que chegam sempre supera a outra, em todas elas histórias tristes, essas crianças querem ser amadas e não vistas como coitadas. As pessoas colocam filhos no mundo e se esquecem de que eles são o futuro de um país e essas crianças vão sendo judiadas”, diz Toledo.
As crianças são acolhidas através de medida judicial com uma guia de acolhimento do Conselho de Justiça, onde chegam crianças de 0 a 11 anos e nove meses, pois no local não há profissionais capacitados para trabalhar com adolescente, mas, houve situações em que a idade foi ultrapassada, mas, por maior necessidade.
O processo de adoção é longo, onde há uma fila de espera. Os interessados devem se dirigir até o Fórum e realizar um cadastro.
“Quando a criança chega na casa ela fica sobre o amparo da lei por determinado tempo. Acontecem duas audiências anuais onde é decidido se vai ou a não a destituição do Poder Familiar, esse que quando pedido a família não pode ter mais contato com a criança”, explica.
O objetivo da Casa é a reaproximação com a família, pois houve casos em que o carinho da mãe era visível, porém sua cultura não permitia algumas atitudes, as quais foram trabalhadas através da Casa Amparo com doação de cestas básicas, móveis, entre outras necessidades.
As crianças são tratadas por igual na Casa Lar Irmãozinhos de Jesus e tem direito a passeios em shopping, eventos culturais e viagens, além de terem aulas de capoeira. Eles tem suas obrigações e frequentam escolas.
“Todas as crianças merecem ser tratadas bem e serem amadas, além de terem direito a infância com brincadeiras, mas, não deixando de lado as responsabilidades”, conclui.

 

Reportagem: Jamila Grecco

Foto: Instalações da Casa Lar Irmãozinhos de Jesus
 

updown
Web by Parceria Online - 2011 - 2017 Todos os direitos reservados
Francisco José Cavalcanti da Silva - Diretor e Proprietário
Kátia Cavalcanti - Administrativo e Financeiro
Leandro Cavalcanti - Jornalista Responsável
Jamila Grecco - Jornalista
Fale Conosco: contato@atribunaregional.com.br
Endereço: Rua Cristiano Barreto, 327
CEP: 14140-000 - Cravinhos - SP
Telefone/Fax: (16) 3951.2228